Falha no Adobe Flash Player permite instalação de malwares em Windows, IE e Firefox

Escritor | 20:39 Leave a Comment
A companhia de segurança digital Symantec publicou, na semana passada, uma nova falha encontrada no Adobe Flash Player. Trata-se de uma vulnerabilidade dia-zero, ou seja, até agora nenhuma correção foi liberada e a falha já pode ser explorada imediatamente. Essa brecha de segurança pode deixar vulneráveis os Windows XP, 7 e 8, além dos navegadores Internet Explorer e Firefox.
Por meio dessa brecha, uma pessoa má-intencionada pode instalar malwares e outros tipos de executáveis no seu sistema operacional ou navegador, de forma a possibilitar a interceptação de dados sensíveis, tais como senhas e endereços de e-mails. Segundo a empresa de segurança, os países mais afetados por enquanto são EUA, Canadá, Inglaterra, Espanha e alguns países da Oceania. Felizmente, ainda não houve nenhum caso registrado no Brasil.
A Adobe já informou que em breve lançará um novo patch corrigindo o erro, mas até lá, se você precisa usar muito o Adobe Flash Player, por algum motivo, já que o HTML5 está em constante ascenção, poderá tomar algumas medidas para se proteger. Mantenha sempre o seu navegador atualizado, na versão mais recente. No Internet Explorer, por exemplo, o erro atinge as versões 6 até a 10. No Firefox, não se sabe quais versões são atingidas. Portanto, outra saída seria mudar temporariamente o seu navegador para um que não é afetado pelo erro.
O mesmo deve ser feito com o Windows. Verifique sempre no Windows Update se o seu sistema está com todas as atualizações instaladas. Além disso, faça um escaneamento com seu antivírus. O nome do arquivo é "Trojan.Swifi". Após fazer o escaneamento, veja se há algum arquivo com esse nome. Uma saída mais radical, até a liberação de uma correção pela Adobe, é a desativação total do plugin no seu navegador. Basta ir na área de extensões do IE ou Firefox e desativar o Flash Player para acabar com todas as possibilidades de infecção por meio desse vírus.
Fonte: Symantec